Foto: Kharla D'Amazonas Design Gráfico: Anfremon D'Amazonas

No próximo dia 26 de outubro, quarta-feira, o projeto Tacacá da Bossa apresenta a Banda SPH Rock and Roll numa apresentação especial, o evento ROCK CONTRA A VIOLÊNCIA. 

A banda SPH Rock And Roll foi formada em 2006 pelos amigos Lúcio Rabelo e Marcus Vinicius, dois aficcionados por rock and roll clássico. Muitas foram as mudanças que a banda passou nestes quase 5 anos, mas hoje a sua formação se estabilizou da seguinte maneira:

Anfremon D’Amazonas – Vocal 

Marcus Vinicius – Guitarra

Jean Carlos – Guitarras

Israel Pinheiro – Baixo

Lúcio Rabelo – Bateria 

A banda tem por característica o Rock and Roll crú, tocado de maneira honesta, divertida, com poucos efeitos, lembrando os timbres praticados na década de 50 e 60. Blues e Country Rock são estilos que também norteiam a SPH.

Em 2007 a banda começou a se apresentar periodicamente em diversas casas noturnas da cidade, se tornando muito conhecida na noite manauara. Mas foi em 2010, que a banda iniciou, de maneira COMPLETAMENTE INDEPENDENTE a gravação de seu primeiro álbum entitulado (por motivos óbvios) de “Só Por Hoje”. Apesar do nome e do tema “recuperação da adicção” estar presente em algumas letras, não se trata de um disco conceitual. O álbum versa sobre vários temas: política, diversão, reflexões filosóficas e existenciais, amor, sexo, ecologia, entre outros.

Musicalmente a banda vai buscar os pilares do Rock Clássico para fundamentar as canções. Portanto, em suas 12 músicas espere encontrar muitas pinceladas de Blues, Country, R&B e até umas flertadas com o rock progressivo e psicodélico (feito sem drogas!). Enfim, trata-se de um álbum completo de ROCK, em todas as suas vertentes, cantado em português claro para quem quiser ouvir.

O disco tem 12 faixas e está atualmente sendo prensado pela Microservice, sendo aguardada sua chegada até o final do mês de outubro. Neste período de gravação a banda produziu 3 Videoclipes (Algo Mais, Simplesmente Pelo Fim e Todo o Meu Amor em Vão) com suas músicas próprias. O financiamento da Prensagem do CD da SPH foi obtido através de Financiamento Coletivo, sendo os apoiadores os próprios fãs e amigos da banda, numa campanha bem sucedida no site Catarse:

http://catarse.me/pt/projects/174-so-por-hoje

Em agosto desse ano a banda perde um de seus principais Fãs e apoiadores, o professor e Cientista Social MOYSÉS MOTA. Moysés acompanhava a banda em suas apresentações e era uma espécie de Guru Intelectual de seus integrantes. Ele foi brutalmente assassinado na frente de sua residência numa tentativa de assalto no dia 25 de agosto de 2011.

Moysés Mota

O próprio Moysés havia agendado essa data com o Joaquim, proprietário do Tacacá da Gisela e produtor do Projeto “Tacacá na Bossa” para a banda SPH tocar no largo. Ele queria que a banda fizesse um especial lembrando o festival de Woodstock, segundo ele mesmo, um dos maiores eventos que simbolizam a paz e liberdade de expressão.

Depois de seu falecimento a banda achou que era justo utilizar essa data para fazer um evento anti-violência. Para essa noite a banda tocará seu repertório habitual de Rock and Roll clássico internacional, tocará suas músicas próprias e muitas músicas em homenagens a Moysés, especialmente as músicas do Creedence Clearwater Revival como “Long As I Can See the Light”, que era uma de suas favoritas e foi tocada pelos integrantes da banda durante seu enterro.

A banda tocará também a música “Abrigo” que foi especialmente composta para Moysés, e pode ser ouvida no link abaixo:

http://soundcloud.com/sphrockandroll/abrigo

A banda pede a todos que forem comparecer ao Evento, para que dêem preferência para a utilização de Camisetas Brancas, simbolizando a Paz. Os integrantes ressaltam ainda que não será uma noite de tristeza e sim de alegria, homenageando um amigo cuja passagem por esse plano marcou a vida de todos.

Veja alguns dos Videoclipes da SPH abaixo:

 

Anúncios